Blog / Notícias

ECO101 acelera obras de duplicação e vai investir R$ 310 milhões na BR 101/ES até dezembro de 2018

As obras de duplicação da BR101/ES continuam e entram, agora, num novo ritmo de trabalho. A concessionária ECO101 vai investir R$ 310 milhões na rodovia até dezembro de 2018. Nesta fase, as obras estarão concentradas nos municípios de João Neiva, Ibiraçu, Anchieta, Iconha (onde as obras do contorno já atingiram 50% do projeto), Viana e Guarapari, neste caso a partir de janeiro de 2018. Desde o início da concessão, foram investidos outros R$ 940 milhões na rodovia, sem contar o pagamento de impostos e tributos federais, estaduais e municipais.

Esta restruturação do plano de obras representa o cumprimento do compromisso assumido pela ECO101 com a ANTT, em setembro, e nova sequência de investimentos será definida, com a revisão quinquenal do contrato. A revisão foi apresentada pela empresa à ANTT e ainda está em fase de análise pelo poder concedente. Com isso, a duplicação da rodovia em sua totalidade estará garantida e será feita ao longo do contrato de concessão.

A aceleração das obras de duplicação nestes seis municípios só foi possível devido a ação da concessionária, que solicitou junto aos órgãos ambientais dispensa de licenciamento para estes trechos, com base na Portaria nº 289/2013, do Ministério do Meio Ambiente. Esta portaria permite ao órgão licenciador a possibilidade de avaliar casos específicos passíveis de dispensa de licenciamento ambiental, facilitando, assim, todo o processo para que as obras possam ser iniciadas.

A aceleração das obras nos trechos anteriormente iniciados também permitirá uma série de inaugurações em 2018. Ao mesmo tempo, novas obras serão iniciadas, tendo como prioridade a duplicação da rodovia. Além do total de R$ 310 milhões de investimentos, outros R$ 110 milhões serão gastos em 2018 com os custos operacionais do trecho concedido, o que inclui a continuidade da prestação dos serviços de ambulância e guinchos. Esses valores serão garantidos por aportes dos acionistas, de R$ 168 milhões, receita dos pedágios e financiamento do BNDES.

Além da modernização da rodovia, oferendo mais conforto aos usuários da BR101/ES, a aceleração dos investimentos também terá impacto no mercado de trabalho. Apenas nestas obras, o total de empregos diretos locais criados deve chegar a 440; indiretamente, as obras devem mobilizar outros 400 trabalhadores e os serviços de sete construtoras do Estado.

Intervenções

Na duplicação do trecho de João Neiva será construída uma interseção em desnível no cruzamento existente na comunidade de Caboclo Bernardo, no km 206. A intervenção irá possibilitar aos motoristas o cruzamento da pista ou retorno na rodovia de forma mais segura e independente da via principal. Para implantação desta obra, será necessário realizar um desvio no tráfego que possibilite a construção de dois novos viadutos na pista principal.

No segmento de Ibiraçu, em conjunto com a obra de duplicação será realizada retificação de traçado na pista existente entre os kms 218 e 219 no trecho da curva do Mosteiro. A correção de traçado é necessária para suavizar e adequar curvas muito fechadas, compatibilizando com a velocidade da via. Como a BR101 foi construída entre as décadas de 1950 e 1970, o projeto original foi desenvolvido para o tipo de veículo que trafegava na rodovia naquele tempo, por isso a necessidade desta correção. No caso da duplicação do trecho de Anchieta, a ECO101 entregará a duplicação de 2,5 quilômetros neste mês de novembro.

Já em Iconha, na nova pista totalmente duplicada, com 8 quilômetros de extensão, serão implantadas duas novas interseções em desnível nos extremos norte e sul do contorno. O objetivo destes dispositivos é possibilitar ao motorista tanto utilizar a nova via pelo contorno quanto acessar o perímetro urbano de Iconha de forma segura. Além desses viadutos, ao longo do traçado serão implantadas duas pontes de aproximadamente 40 metros sobre o rio Iconha. A previsão de conclusão destas obras é o 1o semestre de 2018.

Entre Viana e Guarapari, a duplicação ocorrerá a partir do trevo com a BR 262, próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Junto com a duplicação, a concessionária construirá um novo trevo que possibilitará o cruzamento em desnível entre as duas principais rodovias que cortam o Estado, a BR 101 e BR 262. Com isso, os veículos não precisarão mais parar para seguir viagem no sentido Vitória, Guarapari ou Belo Horizonte.

Categoria: Obras, Releases. Compartilhe: permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>